COMUNIDADE DE NEMAT OIDES EM DIFERENTES FORMAÇÕES VEGETA IS EM UM ECOSSISTEMA COSTEIRO DE RESTINGA NO BRASIL [NEMATO DE COMMUNITIES IN DIFFERENT VEGETATION TYPES IN A COASTAL ECOSYSTEM OF RESTINGA IN BRAZIL]

E. A. Mondino, O. C. H. Tavares, A. F. Figueira, N. B. Souza, R. L. L. Berbara

Abstract


Mondino, E. A., O. C. H. Tavares, A. F. Figueira, N. B. Souza, and R. L. L. Berbara. 2011. Nematode communities in different vegetation types in a coastal ecosystem of Restinga in Brazil. Nematropica 41:229-239. Restinga da Marambaia is an emerged sandbar located between Sepetiba Bay and the South Atlantic Ocean in the state of Rio de Janeiro on the southeastern coast of Brazil. This sandbar is occupied by a set of physiognomically distinct plant communities under marine and fluviomarine influences. The objective of this study was to investigate the nematode community structure of Restinga da Marambaia and to characterize the relationships between nematodes and soil properties in different vegetation community types. Composite samples, of 20 soil core at depths of 0-10 and 10-20 cm, were collected in three areas (250 m2) in each of the three plant physiognomy types: a closed herbaceous floodplain community (C), a shrub dune thicket community (D) and ridge forest community (F). Total and relative abundance were calculated, and the nematode trophic groups were described. A total of 44 nematode taxa were identified. The total average density of nematodes (ind./100 ml-1 soil) in F was greater than in C, which was greater than in D (p < 0.05), and was highest in samples obtained from the shallower depth. Phytophagous nematodes made up the main trophic component of the soil nematode community in Restinga da Marambaia, accounting for 42.8%, bacteriophagous nematodes were the second most abundant trophic component at 31.4%, and mycophagous nematodes accounted for 9.8% of the total. Phytophagous nematodes were positively correlated with organic matter and Mg (p < 0.05), whereas predators and omnivores were associated with Mg, K, organic carbon and P (p < 0.05). There were positive correlations between omnivorous and phytophagous nematodes, between predators and omnivores and between bacteriophagous and mycophagous nematodes (p < 0.05). Principal component analysis based on the nematodes genera and trophic groups and chemical characteristics of the soil explained 78.5% and 57.8% of the total variability respectively. Hemicycliophora was the indicator genus for the stabilized sand dune system at the Restinga da Marambaia. These results make it possible to distinguish the different plant communities based on the genus and feeding habits of the soil nematode community. Each plant succession stage has its own nematode community that reflects both its biotic characteristics (plant coverage and soil microbial community) and its abiotic characteristics (the physical-chemical properties of the soil).

Mondino, E. A., O. C. H. Tavares, A. F. Figueira, N. B. Souza, R. L. L. Berbara. 2011. Comunidade de nematoides em diferentes formações vegetais em um ecossistema costeiro de Restinga no Brasil. Nematropica 41:229-239. A Restinga da Marambaia é uma imensa barreira de areia localizada entre a Baia de Sepetiba e o Oceano Atlântico Sul, no estado do Rio de Janeiro, na costa sudeste do Brasil e representa um conjunto de comunidades vegetais, fisionomicamente distintas, sob influência marinha e flúvio-marinha. O objetivo do trabalho foi investigar a estrutura da comunidade de nematóides na Restinga da Marambaia, para esclarecer a relação entre os nematóides e as propriedades do solo em diferentes tipos de vegetação. As amostras foram tomadas em maio de 2008 em três fisionomias vegetais: formação herbácea fechada inundável (C), Formação arbustiva fechada de cordão arenoso (D) e Floresta de cordão arenoso (F). Em cada uma se escolheram três parcelas (250 m2) e coletaram-se 20 amostras simples, a duas profundidades de 0-10 e 10-20 cm. Os nematóides foram extraidos pelo método de flutuação-centrifugação. Foram calculados os parâmetros de Abundância total e Abundância relativa; a estrutura trófica, foi descrita em: fitófagos, bacteriófagos, micófagos, predadores e onívoros. Foram feitas as análises químicas do solo. Identificaram-se 44 táxons de nematóides. A densidade total média dos nematóides (ind.100 ml-1 de solo) foi maior em F > C > D (p < 0.05), e foi maior quando obtida a menor profundidade. Os nematóides fitófagos foram os principais componentes tróficos da Restinga da Marambaia com uma participação do 42,8% na comunidade, os bacteriófagos como o segundo componente trófico (31,4%) e os mícofagos com a menor participação (9,8%). Os fitófagos se correlacionaram positivamente com a matéria orgânica e Mg (p < 0.05). Enquanto os predadores e os onívoros se correlacionaram com Mg, K, carbono orgânico e P (p < 0.05). Entre os grupos tróficos as correlações foram positivas entre onívoros e fitófagos, predadores com onívoros e bacteriófagos com micófagos (p < 0.05). A análise de componentes principais baseada nos gêneros de nematóides, explicou 78,5% da variabilidade total nas duas primeiras componentes enquanto a análise de componentes principais para grupos tróficos e características químicas do solo explicou 57,8% nas duas primeiras componentes. Hemicycliophora foi o gênero indicador para o sistema estabilizado de duna de areia na Restinga da Marambaia. De acordo com os resultados obtidos é possível separar as distintas fisionomias vegetais a partir dos gêneros bem como pelo hábito alimentar da comunidade de nematóides do solo. Portanto cada sere na sucessão vegetal possui uma comunidade de nematóides própria, que reflete suas características bióticas (cobertura vegetal e comunidade microbiana do solo) e abióticas (propriedades físicoquímicos do solo).

Full Text: PDF