AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE AVEIA AO PARASITISMO DE MELOIDOGYNE PARANAENSIS E M. INCOGNITA RAÇA 3 [EVALUATION OF GENOTYPES OF OAT TO PARASITISM OF MELOIDOGYNE PARANAENSIS AND M. INCOGNITA RAÇA 3]

Cristiane Gonçalves Gardiano, Alaíde Aparecida Krzyzanowski, Debora Cristina Santiago, Otavio Jorge Grigoli Abi-Saab

Abstract


Gardiano, C. G., A. A. Krzyzanowski, D. C. Santiago, O. J. G. Abi Saab. 2012 Avaliação de genótipos de aveia ao parasitismo de Meloidogyne paranaensis e M. incognita raça 3. Nematropica 42:80-83. Os nematóides M incognita e M. paranaensis vem causando prejuízos a varias culturas como café, soja, tomate, feijão, algodão e outros. O manejo de nematóides utilizando a aveia pode ser interessante para a redução da população de nematóides, visto que já é utilizada em rotação de culturas. Com isso o objetivo foi o de selecionar genótipos de aveia resistentes a M. paranaensis e M. incognita raça 3, para utilização no manejo do solo visando à redução da população destes nematóides. Foram avaliadas as cultivares de aveia preta IAPAR 61 e de aveia branca IPR 126, e quatro linhagens de aveia branca SI 0501-30 M, SI 0501-23 M, SI 0502-56 M e SI 0502-33 M, em condições de casa de vegetação. As plantas foram inoculadas com 5740 ovos de M. incognita raça 3 e 3000 de M. paranaensis. A cultivar IAPAR 61 apresentou resistência a M. paranaensis e as linhagens SI 0501-30M e SI 0501-23M foram resistentes a M.incognita raça 3. Concluiu-se que esses materiais podem ser utilizados para redução da população destes nematóides em áreas onde estejam presentes ocasionando dano econômico.

Gardiano, C. G., A. A. Krzyzanowski, D. C. Santiago, and O. J. G. Abi Saab. 2012. Evaluation of genotypes of oat to parasitism of Meloidogyne paranaensis and M. incognita raça 3. Nematropica 42:80-83. The nematode species Meloidogyne incognita and M. paranaensis cause damage to several crops such as coffee, soybeans, tomatoes, beans, cotton and others. The management of nematodes using oats can be interesting to reduce nematode population, since it is already used in crop rotation. Thus the objective was to evaluate selected oat genotypes resistant to M. paranaensis and M. incognita race 3. The cultivars black oat IAPAR 61, white oat IPR 126, and four lines SI 0501-30 M, SI 0501 -23 M, SI 0502-56 M and SI 0502-33 M were evaluated under greenhouse conditions. Plants were inoculated with 5740 eggs of M. incognita race 3 and 3000 eggs of M. paranaensis. The cultivar IAPAR 61 showed resistance to M. paranaensis and the lines SI 0501-30 M and SI 0501-23 M were resistant to M. incognita race 3. It was concluded that these materials can be used for reducing the population of these nematodes in areas where they cause economic damage.

Full Text:

PDF