OCORRÊNCIA DE NEMATOIDES EM VIVEIROS DE PRODUÇÃO DE MUDAS DE SERINGUEIRA NO ESTADO DE SÃO PAULO

V. S. Paes-Takahashi, P. L. M. Soares, P. F. de Brito, F. A. Carneiro, J. M. de Santos

Abstract


A heveicultura assume papel de destaque no estado de São Paulo, que responde por mais da metade da produção brasileira de borracha natural. Os nematoides são importantes patógenos que vêm causando perdas significativas à produção de diversas plantas cultivadas, inclusive a seringueira. Desta forma, o principal objetivo do trabalho foi a realização do levantamento dos nematoides que ocorrem em viveiros de produção de mudas de seringueira no estado de São Paulo. Para o levantamento, contou-se com a colaboração da equipe da Coordenadoria de Defesa Agropecuária de São Paulo/Escritório de defesa Agropecuária de Barretos. Ao todo, foram amostrados 60 viveiros dos maiores centros de produção de mudas de seringueira do estado. Os nematoides de maior frequência e densidade foram Meloidogynee Pratylenchus. As principais espécies identificadas foram M. incognita, M. exigua, P. brachyurus, e Rotylenchulus reniformis. Pratylenchus brachyrusfoi a espécie mais frequente nas amostras das raízes das mudas de seringueira e deve ser consideradoa a praga-chave da cultura. Este trabalho constitui o primeiro relato de M. exiguano estado de São Paulo causando danos em mudas de seringueira.


Keywords


Hevea brasiliensis, Meloidogyne exigua, Pratylenchus brachyurus, viveiros

Full Text:

PDF