DINÂMICA POPULACIONAL DE FITONEMATOIDES SOB REGIMES DE FLUXO DE ÁGUA EM COLUNAS DE SOLO

P. A. de Barros, E. M. R. Pedrosa, E. F. F. Silva, J. H. Miranda, M. M. Rolim, M. F. L. David

Abstract


Os nematoides parasitas de plantas causam sérios prejuízos agrícolas em todo o mundo. Embora os danos e as densidades populacionais desses parasitas sejam maiores em solos arenosos não encharcados, existe pouca informação de como a textura e a hidrodinâmica do solo afetam a movimentação dos nematoides. Considerando que a movimentação do fitonematoides no solo é afetada pelo ambiente e que a textura do solo é altamente relevante para a mobilidade e eficiência na infecção, o presente trabalho teve por objetivo
avaliar a influência da densidade de fluxo de água em colunas de solo na mobilidade de fitonematoides. Os ensaios foram realizados no Laboratório de Fitonematologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e no Laboratório de Física do Solo e Qualidade de Água, do Departamento de Engenharia de Biossistemas, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), utilizando-se para tal colunas de solo (em acrílico, constituídas por um cilindro com 11,0 cm de comprimento, diâmetro interno de 1,95 cm e secção transversal de 3,0 cm2 ) e uma bomba peristáltica, 
sob condição de saturação e fluxo em regime estacionário. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial cruzado e aninhado em arranjo 3 (espécies de nematoide: Meloidogyne enterolobii, M. incognita, Pratylenchus coffeae) × 2 (condições do nematoide: vivo, morto) × 3 (tipos de solo: Latossolo, Nitossolo, areia lavada) × 3 (densidades do solo: densidade real, densidade 0,1 g cm3 acima e abaixo da densidade real de cada solo) × 4 (vazões: 5, 15, 25 e 40 ml min-1 ) com três repetições. O aumento da vazão de 5 para 40 ml min-1 aumentou a quantidade de nematoides lixiviados, entretanto, os juvenis de M. incognitasofreram menor efeito da lixiviação do que P. coffeae. A mobilidade dos nematoides tendeu a crescer com o aumento da proporção de areia e redução da densidade do solo. Em contraposição, em solos argilosos com densidade variando de 1,1 a 1,3 (g cm-3 ) a dinâmica dos fitonematoides foi quase nula.


Keywords


Meloidogyne enterolobii, M. incognita, movimento no solo, Pratylenchus coffeae

Full Text:

PDF